-:BENEFÍCIOS:-

Benefícios espirituais’

Maior Compaixão Para Com os Outros

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-24A mente, corpo e espírito estão todos interligados, e uma atitude compassiva é a parte integrante desta conexão. Um estudo publicado na revista Emotion indicou que praticantes de meditação baseada no amor e na bondade têm uma maior conexão positiva em relação aos outros, permitindo que eles sejam mais gratos e altruístas em suas interações cotidianas. Os pesquisadores explicam que esta forma de meditação treina a mente para se concentrar em compaixão e pensamentos positivos em relação aos outros, reforçando o sentido de conectividade social no mundo. Outros benefícios ao bem-estar da meditação incluem melhor concentração; o que significa uma melhor conexão com o mundo, um sono melhor; o que leva a uma vida mais promissora e mais longa, juntamente com conexões significativas com os outros.

Share

Maior Empatia Espiritual

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-25Ser bondoso com os outros é considerado ser uma técnica desencadeada por reação do cérebro em áreas responsáveis pela compaixão para com as emoções dos outros. Os pesquisadores da Universidade de Wisconsin – Madison descobriram que aqueles que meditam têm níveis mais elevados de atividade na região do cérebro conhecida como insula, que controla os sentimentos de empatia e compreensão emocional. O estudo sugere que a meditação pode treinar o cérebro a melhorar a capacidade de empatia do indivíduo. Quanto mais se medita, mais se torna propício ter grandes sentimentos de bondade para com desconhecidos. Em um mundo moderno, muitas vezes superficial, o estudo sugere que o poder de empatia pode ser uma força motriz para o crescimento espiritual individual e relação interpessoal.

Share

Cultivando a Bondade

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-26Antoine Lutz e Richard Davidson realizaram um estudo no Centro Waisman de IRM que descobriu que a meditação compassiva tem o potencial de cultivar a espiritualidade, bondade e benevolência em indivíduos. O estudo envolveu 16 mestres meditadores e 16 novatos que foram expostos a sons de sofrimento emocional, incluindo de uma criança chorando. Os pesquisadores documentaram uma maior atividade nas áreas cerebrais associadas com a benevolência entre os meditadores experientes, enquanto os novatos demonstraram uma atividade muito menor nessas áreas. Aqueles treinados nesta forma de meditação são capazes de estender os sentimentos de amor e compaixão que eles possuem para os familiares e desconhecidos, cultivando a sua capacidade de bondade espiritual para com todos. Lutz e Davidson preveem o grande alcance desses benefícios do estudo, propondo que a meditação compassiva possivelmente poderia ser usada para combater a depressão.

Share

Níveis Mais Elevados de Espiritualidade e Transcendência

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-27Brick Johnstone da MU (Escola de Profissionais de Saúde) sugeriu uma ligação entre a experiência transcendental ou espiritual e a diminuição dos níveis de atividade em uma determinada área do cérebro, que pode ser alcançada através da meditação. Esta nova descoberta indica uma ligação mais forte entre alcançar um estado altruísta e condicionar o cérebro a manter níveis mais baixos de atividade. O estudo centrou-se no aumento do nível de experiências espirituais entre pessoas com lesões cerebrais, mas descobriu que um esforço consciente para treinar o cérebro através da meditação ou oração tinham efeitos espirituais semelhantes. Johnstone observa que a meditação é, portanto, o caminho principal para conseguir uma conexão com coisas além do eu.

Share

Beneficia a Autoconsciência

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-10De acordo com um artigo publicado no Scientific American, a meditação ajuda a promover a consciência do eu. Ambos os hemisférios do cérebro são associados com o autorreconhecimento e autoconsciência que ajudam a melhorar as sensações de percepção corporal e emocional. Praticar meditação promove a autoconsciência conceitual e corporal ativando certas regiões do cérebro. A meditação também ajuda a quebrar quaisquer limites entre o físico e o emocional, permitindo que o indivíduo torne-se mais consciente de seus pensamentos e sentimentos sem interrupções. A autoconsciência, portanto, melhora a capacidade de pensar e perceber o momento presente, melhorando de maneira geral a experiência do consciente, bem como a sensação física do orgasmo e prazer sexual.

Share

Desenvolve a Compaixão Para Com os Outros

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-9Pesquisadores do Departamento de Psiquiatria e Ciências Comportamentais da Universidade de Emory descobriram que certas práticas de meditação são capazes de desenvolver a compaixão. Foi descoberto que as práticas de meditação que foram projetadas para cultivar a compaixão afetam os caminhos fisiológicos no cérebro associados ao controle de estresse. Um programa de meditação compassiva foi desenvolvido com base em uma antiga técnica de treinamento mental Budista Tibetano. O programa focou nos pensamentos e emoções dos indivíduos em relação às outras pessoas e se concentrou em desenvolver essas emoções em sentimentos altruístas e compassivos. Os participantes que praticaram a meditação compassiva apresentaram redução do estresse, o que os pesquisadores sugerem que ajudará no controle do estresse e, finalmente, desenvolver sentimentos de compaixão para com os outros.

Share

Desenvolve a Bondade

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-8Segundo neurocientistas da Universidade de Wisconsin – Madison, a meditação ajuda a desenvolver a bondade. A meditação treina indivíduos a desenvolverem um estado emocional positivo e cultivar respostas positivas como a benevolência. A meditação compassiva se constitui em visualizar alguém que o individuo se importa, e então capturar esses sentimentos de amor e bondade e ampliá-los em relação aos outros, independentemente se gosta deles ou não. Quando expostos a estímulos como gritos de uma mulher ou risos de um bebê, os participantes do estudo que praticavam a meditação compassiva exibiram atividades em certas regiões do cérebro associadas ao compreender as emoções dos outros aumentados. Os pesquisadores concluíram que praticar a meditação regularmente pode treinar as pessoas a projetarem a bondade sentida por entres queridos para qualquer pessoa.

Share

Uma Cabeça Mais Aberta

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-77Um estudo realizado por pesquisadores Laboratório de Neuroimagem Humana do Virginia Tech sugere que a meditação mindfulness permite que a pessoa aceite uma situação mais facilmente. A pesquisa documentou a capacidade de meditadores budistas de abster-se de padrões negativos de pensamento associados a uma situação injusta. O estudo escaneou o cérebro dos 26 praticantes e um grupo de controle de 40 demais indivíduos durante o “Jogo do Ultimato” que envolvia determinar como dividir certa quantia em dinheiro. Resumindo, o cérebro dos praticantes apresentou menos atividade nas regiões que estão associadas com as reações futuras e puramente emocionais, gerando aumento das atividades nas áreas preocupadas com o momento presente e o pensamento racional, significando que eles vêm o valor essencial em aceitar uma situação no presente, não importando o quanto possa parecer algo pequeno.

Share

As Pessoas Podem Ser Menos Preconceituosas

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-7Em um estudo publicado no Psychiatry Research: Neuroimaging foi descoberto que a meditação torna as pessoas menos críticas. No estudo, os participantes participaram de um programa de redução de estresse onde praticavam meditação mindfulness ao longo de oito semanas. No final do programa, as IRM do cérebro dos participantes mostraram alterações em determinadas áreas associadas ao autoconhecimento, compaixão e introspecção, fazendo com que os participantes se tornem menos críticos sobre seus próprios sentimentos e percepções. A meditação mindfulness concentra-se na autoconsciência ou consciência sem julgamento das sensações, sentimentos e o estado emocional da mente. Os participantes apresentaram melhorias em todas estas áreas, sugerindo que a meditação pode ajudar as pessoas as serem menos críticas.

Share

Desenvolve o Altruísmo

Monday, June 16th, 2014

meditation-image-6De acordo com um estudo realizado na Universidade do Missouri, praticar meditação pode ajudar a estimular o altruísmo. Neuropsicólogos descobriram que a meditação ajuda as pessoas a atingirem a transcendência espiritual, que é associada com atos de abnegação e ajudar os outros. Praticar a meditação ajuda a diminuir a atividade no lóbulo parietal direito do cérebro, uma região ligada às experiências de transcendência espiritual e desapego. Foi descoberto que práticas religiosas como a oração têm os mesmos efeitos causadores do altruísmo que a meditação. Os pesquisadores afirmam que, independentemente da cultura ou religião, qualquer um pode praticar a meditação para alcançar um estado transcendental; todos eles proporcionarão os mesmos processos neurobiológicos que incentivam o altruísmo.

Share
  • APRENDA A MEDITAR

    Obtenha seu e-book gratuito!


    Este e-book revela algumas das principais técnicas de meditação mencionadas neste site. Aprenda sobre:
    • meditação mindfulness
    • meditação transcendental
    • frequências binaurais
    • tai chi
    • meditação cristã
    • meditação zen
    • meditação compassiva
    • kirtan kriya
    • meditação samatha / shamatha
    • meditação introspectiva (Vipassana)